sábado, 26 de julho de 2008

Cartas das leitoras - Temas variados!

Como nenhuma celebridade fez barraco ou apareceu com roupa brega pra gente falar mal ou falou besteira ou mostrou uma celulite de fora, vamos às cartas das leitoras. Ainda faltam um monte, estão acumuladas!! As que não respondi hj ficam para a próxima ok?


Queria saber como emagrecer bem rápido sem sofrer muito.
Priscila
Oi Pri, sinto informar que não existe emagrecer rápido sem sofrer. Aliás também não existe emagrecer lento sem sofrer, por mais que você esteja fazendo tudo certinho e tal, chega uma hora que dá vontade de jogar todo o bom senso pro alto e se afogar num pote de sorvete.
Bom, baseada na expriência de quem já emagreceu 20kg (eu), te digo que pressa e dieta radical para emagrecer não dão certo. O que vale é ter uma alimentação saudável durante a semana (procure um nutricionista), evitando ao máximo as besteiras, e fazer exercício (de preferência aeróbicos como caminhar, correr, pedalar, nadar etc) no mínimo 4 vezes por semana. Aí no fim de semana você pode comer uma pipoca, um sorvete, um chocolate sem culpa, que ninguém é de ferro (mas sem chutar o balde também hein!). Cara, não é fácil. Porém pra alcançar tudo nessa vida precisamos fazer um esforço. Aí a escolha é sua: se esforçar um pouco para ter um corpo melhor, ou deixar pra lá e ficar deitada confortavelmente no sofá comendo guloseimas. Mas se optar pela segunda opção, não pode reclamar depois hein! Beijos!!!


Eu não sei o que acontece comigo, pois eu gosto facilmente de algum menino, mas rapidamente eu não gosto mais. Toda vez que eu consigo que o menino goste de mim, e vai ficar comigo, logo perde a graça pra mim, e os que eu não consegui, continuo gostanto. O que eu faço pra mudar isso? To sempre em dúvida se quero ou não, quando eu tenho certeza que quero, aparece outro menino na minha vida e deixo o outro de lado, e começo a pensar nesse novo, aí depois do nada perde a graça pra mim... O que será que eu tenho? Pamela
Você tem a síndrome do "agora que consegui não quero mais". Acho que você gosta mais da conquista, da expectativa de fazer o menino ficar a fim de você, do que do próprio menino em si, entende? Aí uma vez que você conseguiu seu objetivo, que era conquistar, aí perde a graça e parte para uma nova conquista. Que nem aquele ditado, pra vc "o melhor da festa é esperar por ela". Se você é nova (uns 13-16 anos), acho que isso é normal. Quando for ficando mais velha, você vai sossegar o facho (ou seria faxo?), começar a reconhecer as qualidades do menino que conquistar e sentir mais vontade de ficar só com ele. Beijos!!


Tô grávida de 1 mês mas já tenho um bebê de 1 ano e 6 meses, o que eu faço?
Carla
Paciência amiga! Agora não dá mais para chorar o leite derramado. O que eu acho é que você tem que se ligar, se cuidar mais, tomar pílula, usar camisinha e ser mais responsável! Procure a ajuda da sua família e pense que esse bebê pode ser uma bênção na sua vida, não um fardo. Tem tantas mulheres gastando rios de dinheiro com tratamento para engraviar.... Boa sorte!!


Eu tinha um affair que sempre ligava pra mim, na verdade era um velho amigo. Até ai tudo bem, nos relacionamos e por fim ele sempre se achava o maxímo. Passamos um tempão sem nos ver, uns 6 meses, e agora tudo q ele pensa é sexo, tudo está centralizado nisso pra ele, dei um xeque-mate, e mesmo assim ele espera que eu corra atrás dele, dá pra entender esses pilantras? rsrsr beijos. Silvia
Ele espera q vc corra atrás dele? Só digo uma coisa: óóó coitado! E aula de matemática, aprenda a lição! Homem que só quer saber de sexo = Roubada. Simples como 2 + 2 = 4. Beijos!!!


Sou virgem, tenho 18 anos, namoro há 8 meses e meu namorado tá querendo transar, ficamos sempre nas caricias. Mas tenho medo...Medo de doer, muita vergonha tbém...queria saber se eu transar com ele, mesmo ele usando camisinha e eu nao tomar pílulas, o que pode acontecer? Porque se eu tomar pílula,meus pais podem acabar descobrindo.. agradeço desde já ;) Dani
Dani, tudo que é novidade dá um certo medo. Primeira volta de bicicleta, primeiro dia numa escola nova, primeiro beijo, primeiro emprego, primeira aula na auto-escola... e não poderia ser diferente na primeira vez. Acho que você só deve fazer se estiver preparada, mas não pode também deixar esse temor te dominar achando que não é a hora, senão você vai virar uma velhinha virgem. Se não enfrentarmos os nossos medos, não faremos nada na vida! Oito meses de namoro é um tempo considerável, seu namorado parece paciente e não tem porque vc ter vergonha!!! Ele vai ficar orgulhoso de ser seu primeiro. E outra, ninguém nasce sabendo não, filha! Ele também teve a primeira vez dele e deve ter ficado tenso também. É até legal vc conversar com ele, perguntar como foi, pra se sentir mais à vontade. Sobre a camisinha, funciona mas não é um método 100% seguro. Tipo, pode furar se for mal-colocada etc. Por isso é bom combinar com outro método. A pílula é uma ótima (é só esconder direito menina!). Mas antes de qualquer coisa, é altamente recomendável que vc marque uma consulta com uma ginecologista para que ela te explique sobre os anticoncepcionais e tire suas dúvidas. Beijos!!!

3 comentários:

leticia disse...

tenho 19 anos e sou virgem ainda,eu namorei 7 meses com meu ex namorado!queria ter perdido com ele,mais nao deu terminamos,hj em dia conversamos e ate hj as vezes agente fica,ainda tenho o mesmo pensamento de perde com ele,sera q perco minha virgindade com ele ou espero encontrar outra pessoa p mim namorar e gostar de outra p mim sim perde,pq ate hj meu ex nao sai da minha cabeça...me ajudem por favor!o q eu fasso??

Anônimo disse...

Oi, tenho 22 parece mentira mais ainda sou virgem.Estou namorando um cara e amo muito ele eu sinto q minha primeira vez sera com ele. Mais tambem tenho vergonha o q ele vai pensar nao sei como lhe dizer q ainda sou virgem e tambem dizem q doi muito nao sei o q fazer como lhe dizer o q vcs me dizem?? passo o tempo pensando no assunto.

Anônimo disse...

E acho uma pena que não dê pra falar com os pais sobre esses asuntos. Mas pode ter certeza que eles também morrem de medo do que pode acontecer, principlamente com as meninas.